segunda-feira, 14 de novembro de 2016

modelos de jogos


Aprender brincando



Inicialmente a criança coloca as letras onde achar melhor. Depois a professora interfere , questionando. Por exemplo: Quando você fala RATO, diz RA, onde está o RA de RATO?
Aí a criança busca o A, às vezes até o RA... 

Retirado do blog, vida de profa:alfabetização.



( não sei indicar a fonte).
No cartão escreve-se o nome da criança.
Nos prendedores escrevem-se as letras deste nome.
A criança deve prendê-los ao cartão alinhando as letras
para formar o nome também com os prendedores.



O cartaz de pregas é muito útil na formação de palavras.
A praticidade em se formar as palavras e desfazê-las é justamente a vantagem deste material.




Confecção:
  • Transformar em dado uma caixa de fundo quadrado .
  • Recobrir com papel craft, ou com o verso de envelopes pardos.
  • Recortar de revistas várias sílabas e colá-las nas faces do dado.
  • Se quiser, recobrir com Contact, ou algo do gênero.

Utilização:
  • As crianças ficam em roda.
  • Cada uma, na sua vez, atira o dado.
  • Lê a sílaba correspondente e fala uma palavra que contenha a sílaba.
Variações:
  • Usar para ditado. A criança que atira o dado dita uma palavra com a sílaba correspondente.
  • No caso do dado com vogais, pode-se pedir que a criança fale uma palavra que não contenha a vogal "sorteada".
  • Se jogarem dois dados, a criança fala uma palavra que contenha as duas sílabas apresentadas.
  • Falar uma palavra cujo final seja essa sílaba apresentada.

Letras coladas em tampinhas de garrafa.

0 comentários :

Postar um comentário