quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Como trabalhar com a hipótese da escrita pré-silábica?

Como trabalhar com a hipótese da escrita pré-silábica? ATIVIDADES, DICAS e sugestões
Dicas, atividades e sugestões
Como trabalhar com a hipótese da escrita pré-silábica: Olá amigos e amigas do SÓ ESCOLA. Nesta postagem trago para vocês dicas, sugestões e atividades prontas para imprimir.


HIPÓTESE PRÉ-SILÁBICA

Aqueles que não percebem a escrita ainda como uma representação do falado têm a hipótese pré-silábica. Ela se caracteriza em dois níveis. No primeiro, as crianças procuram diferenciar o desenho da escrita, identificando o que é possível ler. Já no segundo nível, elas constroem dois princípios organizadores básicos que vão acompanhá-las por algum tempo durante o processo de alfabetização: o de que é preciso uma quantidade mínima de letras para que alguma coisa esteja escrita (em torno de três) e o de que haja uma variedade interna de caracteres para que se possa ler. Para escrever, a criança utiliza letras aleatórias (geralmente presentes em seu próprio nome) e sem uma quantidade definida.
Características:
1. Utilizam números, letras e psedo-letras.
2. O critério de qualidade é forte.
3. Não compreendem que a escrita é a representação da fala.
4. Realismo nominal (quanto maior o objeto representado, maior o número de caracteres) Ex: A formiga é pequena por isso escrevem com menos letras, enquanto que o boi é grande então eles escrevem com mais letras.
Intervenções:
1.Trabalhar com o nome próprio e dos outros;
2. Leitura de textos que saibam de memória pelo professor e pelo aluno (parlendas, cantigas, trava-línguas etc);
3. Oferecer lista de palavras com lacunas/ figuras;
4. Cruzadinhas com banco de palavras e/ou com imagens.

Aqui estão mais algumas sugestões:

• Iniciar pelos nomes dos alfabetizandos escritos em crachás, listados no quadro e/ou em cartazes.

• Trabalhar com textos conhecidos de memória, para ajudar na conservação da escrita.

• Identificar o próprio nome e depois o de cada colega, percebendo que nomes maiores podem pertencer às crianças menores e vice-versa;

• Organizar os nomes em ordem alfabética, ou em “galerias” ilustradas com retratos ou desenhos;

• Criar jogos com os nomes: “lá vai a barquinha”, dominó, memória, boliche, bingo;

• Fazer contagem das letras e confronto dos nomes;

• Confeccionar gráficos de colunas com os nomes seriados em ordem de tamanho (número de letras).Fazer estas mesmas atividades utilizando palavras do universo dos alfabetizandos: rótulos de produtos conhecidos ou recortes de revistas (propagandas, títulos, palavras conhecidas).


• Classificar os nomes pelo som ou letra inicial, pelo número de letras, registrando-as;

SUGESTÃO DE ATIVIDADES

Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Atividades
Algumas sugestões de atividades para o nível pré-silábico: 

★ Liste o nome de todas as crianças no quadro ou em cartazes. 

★ Faça com que cada aluno identifique seu nome e, depois, o de cada colega, para que eles percebam que nomes maiores podem pertencer às crianças menores e vice-versa. 

★ Classifique os nomes pelo som inicial, em ordem alfabética ou em galerias ilustradas com retratos ou desenhos. 

★ Crie e aplique jogos com nomes (dominó, memória, boliche, bingo etc.). 

★ Peça para a criançada fazer a contagem das letras e o confronto dos nomes. 

★ Confeccione junto a eles gráficos de colunas com os nomes seriados em ordem de tamanho (número de letras). 

★ Repita essas mesmas atividades, utilizando palavras do universo dos alunos, tais como rótulos de produtos ou recortes de revistas (propagandas, títulos, palavras conhecidas etc.). 

★ Após desenvolver esse trabalho em sala de aula, aplique essas sugestões durante a sondagem.

0 comentários :

Postar um comentário